segunda-feira, 13 de julho de 2009

Chasqui I: o CubeSat peruano

.
A Universidade Nacional de Ingeniería (UNI), do Peru, com o objetivo de aprimorar suas capacidades em tecnologia espacial, está construindo um nanossatélite baseado na tecnologia CubeSat, denominado Chasqui I. O nanossatélite, considerado o primeiro engenho espacial do Peru, terá massa aproximada de 1 kg, vida útil estimada em dois meses, e será dotado de uma microcâmera (sensor CMOS). Espera-se que seja lançado ao espaço em novembro de 2010, em órbita baixa, a 650 km de altitude. O veículo lançador ainda não foi definido.

Além da UNI, participam da iniciativa a Comisión Nacional de Desarrollo Aeroespacial (CONIDA), a Universidade Aeroespacial da Coréia do Sul, a Agência Espacial Alemã, e a Universidade de Stanford, dos Estados Unidos.

A tecnologia CubeSat é muito utilizada para a construção de satélites universitários, dada a sua simplicidade e baixo custo. Desde o final da década de noventa, dezenas de CubeSats com experimentos científicos, sensores óticos, e de comunicações foram lançados ao espaço.
.

3 comentários:

nogingla disse...

Cubesats (veja no Google com esta palavra chave) são hoje o principal meio de formação de universitários para o setor espacial, através de "kits" que formam a plataforma, ou parte dela, do micro satélite. Por outro lado até onde estas plataformas de baixíssimos custos de desenvolvimento e lançamento podem ser utilizadas em missões de diferentes propósitos, é objeto de pesquisa e investimento por diferentes agências espaciais no mundo.
Otavio Durão - INPE

Cubesat disse...

There is a Cubesat Forum (see the link) where enthusiasts, especially students, involved in designing and building small cubical satellites, can find help:

http://cubesat.ifastnet.com/forum

Cubesat disse...

There is a Cubesat Forum (see the link) where enthusiasts, especially students, involved in designing and building small cubical satellites, can find help:

http://cubesat.ifastnet.com/forum