segunda-feira, 8 de junho de 2009

Balanço da indústria aeroespacial em 2008

.
A edição de hoje (8) do jornal "Valor Econômico" traz uma reportagem ("Setor aeroespacial vai encolher 15%") com uma espécie de balanço da indústria aeroespacial no ano passado. Segundo um levantamento feito pela Associação das Indústrias Aeroespaciais do Brasil (AIAB) e citado na reportagem, o faturamento das indústrias aeroespaciais brasileiras em 2008 foi de US$ 7,55 bilhões, um acréscimo de 20% em relação ao faturamento de 2007.

A área espacial teve a menor participação nos resultados de 2008, com vendas de US$ 45 milhões. O presidente da AIAB, Walter Bartels, fez na reportagem críticas à Agência Espacial Brasileira (AEB), que dá prioridade a programas de cooperação internacional, que, no entendimento dele, não dão resultados concretos. Reproduzimos abaixo o parágrafo que trata do desempenho do setor espacial:

"A área espacial, segundo Bartels, teve uma participação bastante pequena nos resultados do setor aeroespacial e fechou 2008 com vendas de US$ 45 milhões ou 0,57%. "O Brasil não tem uma atividade espacial significativa porque o envolvimento da indústria nos projetos ainda é muito baixo. Os institutos de pesquisa e a Agência Espacial Brasileira (AEB) priorizam os programas de cooperação internacional, que nunca dão resultados concretos", afirmou."

Para ler a reportagem na íntegra, acessem o clipping da Força Aérea Brasileira (NOTIMP).
.

Um comentário:

Sengedradog disse...

política, política, política... quem sabe rumo ao vlb: veículo lançador bolivariano...