sexta-feira, 11 de março de 2011

SAC-D Aquarius prestes a deixar o LIT/INPE

.
Realizada no LIT/INPE revisão de encerramento da campanha de testes ambientais do satélite SAC-D/Aquarius

10/03/2011

No Laboratório de Integração e Testes (LIT) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), em São José dos Campos (SP), foi realizada a revisão de engenharia denominada Pre-Shipment Review (PSR, ou Revisão Pré-Embarque) do satélite argentino SAC-D, que leva a bordo o instrumento norte-americano Aquarius, desenvolvido para o monitoramento da salinidade oceânica.

Durante os dias 2 e 3 de março, foram revistas todas as atividades do projeto SAC-D/Aquarius, principalmente os resultados da campanha de medidas físicas e testes ambientais realizada no LIT/INPE, bem como os planos para as fases seguintes.

A Revisão Pré-Embarque é um evento formal do projeto, que inclui a formação de uma banca de revisores constituída por profissionais com longa experiência na área, que foram especialmente convidados para avaliar a situação atual dos trabalhos e decidir quanto aos seus próximos passos. O grupo de revisores foi formado por dez profissionais representando as agências espaciais argentina (CONAE) e a norte-americana (NASA). Dentre os revisores também havia um profissional do Conselho Argentino de Investigações Científicas e Técnicas.

O SAC-D chegou no final de junho de 2010 ao LIT/INPE, o único laboratório do gênero no Hemisfério Sul capacitado para a realização de atividades de montagem, integração e testes de satélites e seus subsistemas.

A campanha de medidas físicas e ensaios ambientais no INPE já completou oito meses de intensas atividades, sendo que as três maiores etapas sob a responsabilidade do LIT (ensaios de interferência e compatibilidade eletromagnéticas, ensaios dinâmicos e acústico, e ensaios vácuo-térmicos) foram concluídas em dezembro de 2010.

“Dentre as conclusões deste processo de revisão destaca-se a declaração formal da banca revisora de que o satélite SAC-D/Aquarius foi testado e qualificado de forma apropriada, atendendo aos requisitos do programa, podendo ser considerado apto para iniciar sua campanha de lançamento”, informa Petrônio Noronha de Souza, chefe do LIT/INPE.

No momento o satélite recebe os ajustes finais que antecedem a preparação ao transporte para a base de lançamentos de Vandenberg, nos Estados Unidos. O satélite e seus equipamentos de apoio seguirão por via aérea ao final do mês demarço. “Assim estará completada a participação brasileira no projeto, considerada como bastante crítica uma vez que significa a qualificação para vôo do satélite integrado”.

O projeto SAC-D/Aquarius é uma iniciativa bilateral envolvendo a Argentina e os Estados Unidos, representados pelas suas respectivas agências espaciais - CONAE e NASA. O objetivo primário do satélite é medir a salinidade dos oceanos, parâmetro importante para entendimento das circulações oceânicas e do clima terrestre. Seus dados contribuirão para o aperfeiçoamento dos modelos climáticos de longo prazo.

A escolha do Brasil por parte das duas agências, mais especificamente do Laboratório de Integração e Testes (LIT) do INPE, vem demonstrar o reconhecimento e a confiança em sua capacitação na qualificação para lançamento e voo de veículos espaciais de maior porte e de grande visibilidade internacional.

Fonte: INPE
.

2 comentários:

Frederico Antonio disse...

Trata-se de uma bela inciativa, que dispensa comentários. Entretanto, tenho uma dúvida: o que significa exatamente a o acrônimo SAC D?
Muito agradeço se alguém puder dirimir essa dúvida.
Atenciosamente
FREDERICO A. SARAIVA NOGUEIRA

Andre Mileski disse...

Frederico, a série SAC significa "satélite de aplicaciones científicas". At., André